Rituais de acasalamento variam em diversas espécies do reino animal e, como sabemos, existem mais de 1.500 espécies estudadas que apresentam comportamento homossexual, ou seja, animais do mesmo gênero que mantém relacionamentos de reprodução, criação de filhotes e até mesmo de romance.

Uma dessas espécies é a híbrida de lagartos rabo-de-chicote, que só tem fêmeas, e que elas fazem sexo com o propósito de reproduzir. E elas reproduzem mesmo! Sem a menor necessidade de contato com qualquer macho.

Elas habitam entre o México e o sudoeste dos Estados Unidos, e procriam por partenogênese, uma forma de reprodução assexuada que é caracterizada pelo desenvolvimento e crescimento de um embrião sem a fertilização.

E essas fêmeas rabo-de-chicote não dispensam todo o ritual de acasalamento, que envolvem todo o processo de conquista e preliminares. No ritual, uma das lagartos fêmea, recebendo uma onda de progesterona, monta em cima da outra parceira; e estudos científicos apontam que fêmeas que realizam essa simulação são mais férteis. Na formação dos óvulos, elas podem recombinar cromossomos irmãos ao invés de cromossomos homólogos, garantindo a manutenção da diversidade genética.

Atenção, imagens fortes do acasalamento…

Written by Bianka Carbonieri
Insta: @bsapatomica | 26 anos, taurina, mora em São Paulo. Workaholic assumida, estudante e Psicologia, é viciada em café e lasagna.