Recebemos algumas sugestões com temas para posts, e uma chamou mais a minha atenção:

“Quais dicas vocês dão para quem quer iniciar um namoro sério com uma garota? É na night que encontraremos alguém pra mandar cartas, pra nos apaixonar, pra achar a cumplicidade? O que fazemos quando queremos achar alguém?”

Como são três perguntas diferentes, vou respondê-las em sequência e tentar ajudar a quem está na busca por sua princesa encantada.

 

 

[hr]
QUAIS DICAS VOCÊS DÃO PRA QUEM QUER INICIAR UM NAMORO SÉRIO COM UMA GAROTA?

A resposta pra essa pergunta é complexa, pois vários fatores influenciam, mas a primeira coisa a fazer é estar de coração e mente abertos. Não adianta buscar alguém se você não está com a cabeça e o coração preparado para aquele momento ou para a pessoa.

Alguns podem me chamar de piegas, mas eu acredito em destino e que nada acontece por acaso nessa vida. Já vivi algumas situações na vida que pude comprovar esse fato. A pessoa pode estar ao seu lado o tempo todo, mas o momento não ser o adequado.

Sabemos que iniciar um relacionamento gay sério não é fácil por todas as questões que perturbam a nossa cabeça. Ela é assumida? Será que vai ter coragem de se manter firme quando houver preconceito? Ela era HT e está em um relacionamento homo pela primeira vez, como será essa transição?

Começar um namoro sério quer dizer que você dá adeus a vida de pegação e que deve alguma satisfação à alguém. Ainda mais que estamos falando de duas mulheres, que são seres ciumentos por natureza. Por isso, se você quer ter um namoro feliz e sério, ande na linha, gata.

Não haja somente com o coração, pois às vezes ele nos prega peças e nos deixamos levar pelo impulso, e quase sempre quebramos a cara. Reflita, analise os prós e os contras (pois ninguém é perfeito) e, se no fim a balança pesar mais para os prós, se joga e seja feliz. Nenhum relacionamento é perfeito, mas se ela te faz feliz e vocês tem sintonia, é o que importa.

 

É NA NIGHT QUE ENCONTRAREMOS ALGUÉM PRA MANDAR CARTAS, APAIXONAR E ACHAR CUMPLICIDADE?

A resposta pra essa pergunta é muito relativa. Acredito que seja possível conhecer pessoas interessantes na balada, principalmente no meio GLBT, que geralmente tem locais específicos e somente lá temos certeza de que quase todos são possíveis candidatas a flechar seu coração.

A maioria vai pra balada em busca de curtição e, na maioria dos casos, o que nos atrai nas pessoas à volta são os atributos físicos; mas garanto que isso não se sustenta por muito tempo se o papo não for bom ou se atitude dela não te agradar. Se a pessoa estiver a fim de te conhecer melhor, vai te acompanhar pelo restante da noite e provavelmente para outros programas, fora da balada, num local mais calmo onde vocês possam se conhecer melhor.

Acho que cumplicidade e paixão só surgem com o tempo. No primeiro encontro não da pra ter muita noção disso. De primeira você só analisa a forma como a pessoa se comporta, se o papo é bom e se vocês tem alguma afinidade. Do segundo encontro em diante, ai sim você terá tempo pra conhecer melhor, ver qualidades, defeitos, saber suas preferências e se a pessoa vale um espacinho no seu coração.

Leia também:  Começar a namorar = Virar objeto de desejo

 

O QUE FAZER QUANDO QUEREMOS ACHAR ALGUÉM?

A primeira coisa a fazer é estar aberta e disponível para conhecer novas pessoas. Se sua cabeça ainda está em um relacionamento anterior que não deu certo, ou se você está em um namoro falido, primeiro encerre e arranque de seu coração qualquer vestígio do passado. Se não fizer isso, além de machucar a futura pessoa, você também irá se machucar e não conseguirá ser feliz por completo.

Comece a frequentar boates e barzinhos gays, forme um círculo de amizades que seja gay, de preferencia, pois servirá de companhia para suas noitadas. Nem todas as pessoas na noite terão um grande espaço na sua vida, mas não ligue se não der certo, pois tudo na vida fica como experiência.

Outra coisa que ocorre com muita frequência são as amizades colaterais. Eu vou à um barzinho, minha amiga leva outra amiga e me apresenta à ela… Ou então a pessoa é amiga em comum de outros amigos… A partir dai começamos uma conversa, rola sintonia e quem sabe um relacionamento no futuro. Dessa forma é mais fácil conhecer melhor a pessoa, pois com um amigo de cupido você obtém as informações sobre a pessoa, ai muito mais fácil do que de costume.

 

 

Meninas, a verdade é que não existe receita de bolo para conhecer alguém ou ter um relacionamento sério. Tudo depende de afinidade, papo, sorriso, olhar, enfim… Todo um conjunto. Além dos fatores sorte e destino, é claro. A pessoa certa pra você no momento pode estar pertoe pode ser encontrada em qualquer lugar desse mundão, basta que seja no momento certo para as duas.

 

E quando isso acontecer, don’t worry and be happy! ;P

 

[hr]

Written by Adriana Melo

Dri, Adri ou Adrisuzi – como preferir. Tem 27 anos, é carioca da gema, criada no subúrbio. Adora baladas e um bom papo com amigos. Nerd convicta, viciada em video game, gadgets e internet.