Beyoncé ignora pedido de ajuda de grupo LGBT.

O Estado de Houston, nos Estados Unidos, cidade natal da cantora Beyoncé, recentemente rechaçou uma lei que pretendia proibir a discriminação por raça, sexo, orientação sexual ou incapacidade física e mental. Basicamente uma lei como a PL 122 que tentamos aprovar há anos no Brasil.

Tentando reverter a situação, grupos LGBTs procuraram ajuda da Queen Bey, usando no Twitter a hashtag #BeyBeAHERO que ganhou grandes proporções nos EUA, porém, infelizmente, a tão adorada por todos os LGBTs Beyoncé simplesmente ignorou os pedidos e as hashtags e não manifestou nem uma única palavra de apoio. Alguns fãs tentaram rebater dizendo que talvez ela nem tivesse visto a hashtag por estar trabalhando o tempo todo, mas a hashtag recebeu resposta até do presidente Barack Obama e da candidata Hillary Clinton, que se manifestaram a favor da lei e se colocaram a disposição de ajudar a reverter a situação.

Fez a egípcia mesmo e fingiu que não foi com ela. Uma baita decepção!

E agora, Bey? Assim fica difícil te defender!

Desce desse pedestal e ajuda aí, krida!

Written by Bianka Carbonieri

Insta: @bsapatomica | 26 anos, taurina, mora em São Paulo. Workaholic assumida, estudante de Psicologia, é viciada em café e lasagna.