329_deprovaoralagenteentende


 

O sexo oral é a forma mais eficaz de fazer uma mulher ter um orgasmo, mas, por incrível que pareça, ainda existem muitas lésbicas que não sabem fazer o trabalho direito. CALMA! O Sapatômica não vai deixar vocês, literalmente, na mão.

Que tal aprender a fazer um oral atômico na sua mulher?

Como já foi explicado no primeiro post do site (como duas mulheres fazem sexo), a zona mais erógena das mulheres é o clitóris e, na maioria das vezes, o sexo com penetração não proporciona o prazer máximo à mulher pelo fato de não manter um contato direto com essa zona. Por isso, o sexo oral é tão eficaz na hora de fazer uma mulher relaxar e chegar ao clímax, pois o contato direto dos lábios e da língua no clitóris proporcionam a umidade, calor e suavidade sob medida.

Já ouvi alguns relatos de mulheres reclamando sobre a forma como receberam um oral e, diante disso, cheguei a algumas dicas que vão fazer toda a diferença naquela hora. Sigam o passo-a-passo e arrasem!

 

 

1. SIM, AS PRELIMINARES:

Está pensando que sexo oral não tem preliminar? Pois tem, sim!
Pra quem não sabe, o clitóris é como se fosse um pênis não desenvolvido (Wikipédia nele). Ele funciona da mesma forma que um pênis comum, ou seja, ao ser estimulado, a circulação de sangue em volta dele aumenta, fazendo como que ele enrijeça, fique levemente ereto e muito mais sensível ao toque. Quanto mais sensível o clitóris estiver, mais prazeroso será o oral. Portanto, é necessário que você estimule a mulher, através de outras partes do corpo dela, antes de chegar na cherry¹. Assim, quando você chegar lá, o clitóris estará no ponto!

Procure beijar todo o corpo da mulher, prestar bastante atenção para descobrir em quais pontos ela sente mais prazer, chegue perto da virilha devagar, volte todo o caminho para cima, pra deixar ela com mais vontade. Quando, finalmente, você chegar na cherry, mordidinhas DE LEVE nos grandes lábios podem fazer sua mulher ir a loucura.

 

2. CHEGOU? NÃO TENHA PRESSA!

Faça sua mulher se sentir desejada, sentir que a sua vontade por ela é tão grande que você gostaria que aquele momento durasse muito.
Não vá direto ao ponto e comece a chupá-la como se não houvesse amanhã. Comece devagar, chupando lentamente, beijando os pontos próximos ao clitóris, lembrando que a cherry não é feita só de clitóris. Também não esqueça que, enquanto você está lá embaixo, o resto do corpo não pode ser esquecido. Experimente posições confortáveis que dêem maior alcance às mãos, assim você pode acariciar o corpo dela enquanto estimula o clitóris. Isso faz toda a diferença, afinal, demonstra que você quer senti-la por completo.

 

3. VOCÊ NÃO É UM CACHORRO!

Podemos dizer que 70% das reclamações feitas pelas mulheres com relação a sexo oral é sobre a forma como a parceira utiliza a língua para a estimulação. Gata, você não é um cachorro São Bernardo! Não precisa ficar babando e jogando saliva para todo o lado, pois, ao ser estimulada, a cherry se lubrifica naturalmente. Também não é pra ficar lambendo a cherry da sua mulher como se fosse um picolé. Lembre-se de que é necessário prestar atenção a forma como sua mulher reage dependendo do local que você concentra a estimulação. Cherries não são tão grandes assim, então é necessário saber aproveitar cada espaço e concentrar a estimulação.

A melhor forma de utilizar a língua no oral é mantendo ela leve e suave. Não enrijeça sua língua e não tente colocá-la toda para fora da boca, os lábios ajudam muito no oral. Chupe-a como se estivesse beijando a cherry dela. Isso mesmo! BEIJANDO! Sinta cada detalhe, use a ponta da sua língua para alcançar o clitóris e faça movimentos circulares. ATENÇÃO: Os movimentos circulares são apenas com a língua, não precisa ficar balançando a cabeça igual aqueles cachorrinhos de painel de carro.

Leia também:  Professor que assumiu homossexualidade é apedrejado até a morte.
 

4. MAIS ALGUMA COISA?

Claro! Use suas mãos.
Como também expliquei no primeiro post do site, toda mulher sente prazer com penetração (sendo lésbica ou não), portanto, se você sentir que ela está à vontade com a situação e quer um pouco mais, penetre a sua mulher. Não esqueçam do post sobre proteção! Tenha sempre uma camisinha por perto para proteger seus dedos e não correr risco de infectar ou contrair uma DST.

Por favor, não chegue querendo entrar com três dedos de uma vez. Comece penetrando com apenas um dedo. Fique no movimento de vai-e-vem, enquanto chupa o clitóris, pra que dê tempo de ela te sentir dentro dela e lubrificar naturalmente o canal vaginal. Quando você sentir que ela já está mais relaxada e a elasticidade da cherry aumentou, tente DEVAGAR penetrar o segundo dedo. Geralmente, as mulheres preferem penetração com dois dedos, mas, claro, existem os casos em que elas pedem mais dedos.

Se você e a sua mulher gostam de novidades, adoram experimentar para esquentar o clima na cama, tentem utilizar na penetração um vibrador, dildo, ou o meu preferido: o Strap On (“cinta-pau”). Mas tenha o feeling de perceber quando sua parceira está disposta a experimentar esses brinquedos sexuais com você. O sexo tem que oferecer prazer mutuo, por isso, nada deve ser forçado. Respeito em primeiro lugar!

 

5. E COMO EU SEI SE ELA JÁ ESTÁ QUASE LÁ?

Se você já é sexualmente ativa, sabe bem perceber quando uma mulher está alcançando o máximo de tesão e vai gozar. Mas, se é a sua primeira vez, as reações são bem simples de notar. Quando a mulher está quase gozando, a respiração aumenta de intensidade e de volume. Dependendo da mulher, rola aqueles gemidos super excitantes, que eu, particularmente, adoro! Você vai perceber que ela vai começar a se movimentar, pois é difícil ficar parada quando você está sentindo muito tesão, então: NÃO PARE! Continue fazendo o oral na mesma intensidade e da mesma forma. É importante que não haja nenhuma alteração, afinal, é daquela forma que ela está sentindo mais prazer.

 

6. MAS… MULHERES GOZAM?

Sim. Mulheres gozam.
Uma porcentagem pequena de mulheres gozam levemente parecido com os homens, exceto pela velocidade e força do jato de gozo. Claro, que mulheres não podem expelir sêmem, mas é liberado um líquido transparente – o mesmo que gera a lubrificação – como gozo.
Algumas mulheres que praticam Pompoarismo² chegam a esguichar de leve esse líquido.

 

7. E POR ÚLTIMO?

Não seja uma completa otária.
Depois do sexo, depois de quase morrer de tesão e de fazer sua mulher gozar, não seja uma idiota. Percorra todo o corpo dela, fazendo o caminho de volta, dando muitos beijinhos e oferecendo muito carinho. Demonstre que o sexo foi bom, que você também está satisfeita e que você está feliz por estar ali. Sair de cima bruscamente, virar de lado e dormir dá justa causa e é pedir pra levar um tapa na cara.

 

[hr]

Agora vocês já sabem como fazer um oral atômico, caprichado, pra levar sua mulher para o céu. Então, PRATIQUEM… e pratiquem com proteção!

 

 

¹Cherry: Vagina.
²Pompoarismo: O pompoarismo é uma antiga técnica oriental, derivada do tantra, que consiste na contração e relaxamento dos músculos circunvaginais, buscando como resultado o prazer sexual.

 

 

Written by Bianka Carbonieri
Autora do Sapatômica - 24 anos, taurina, mora em São Paulo. Workaholic assumida, ex-estudante de Relações Públicas, atual expert em Social Media. Ítalo-brasileira, é viciada em café e lasagna.