Top10+: Mitos do Pornô Lésbico


 

Filme pornô, em geral, é uma coisa meio caricata. Mas quando esses filmes incluem ‘lésbicas’ esse ‘meio’ vira ‘totalmente’!

Sabemos bem que o publico alvo da indústria pornô são os homens. Não sei se é trágico ou engraçado pensar que alguém realmente acredite que a coisa funcione dessa forma em um relacionamento entre mulheres. Vamos listar alguns desses mitos?

 

1 – O beijo
De onde saem aquelas lambidas que as meninas dão uma na língua da outra pra simular um beijo? Alguém beija daquele jeito? Com a língua pra fora? Sem nem tocar os lábios nos da outra pessoa?

2 – Unhas
Unhas de 4cm não são muito bem-vindas em um relacionamento lésbico. Os dedos fazem parte das nossas principais ‘ferramentas de trabalho’. Unha grande machuca e incomoda a coitada da parceira.

3 – Estereótipos
Nem toda sapa é dessas mulheres loironas, de lábios siliconados e peitos enormes. Aliás, a maioria não é.

4 – Transar de salto
Na verdade transar descalça é melhor, mais seguro e mais confortável. Pode até começar a brincadeira usando salto, mas depois de alguns minutos ele vai parar do outro lado do quarto, no chão.

 5 – O intrometido
Acho que não conheço nenhum casal de lésbicas que reagiria numa boa se o jardineiro tentasse entrar na intimidade delas. Também não acho que elas pediriam pizza e convidariam o entregador pra jogar strip poker. Sapatão não quer (e não precisa) de homem no meio.

6 – Nojinho
Sexo oral não consiste na ponta da língua roçando na virilha, por favor, né?

7 – Brinquedos
Sabe aquele vibrador amigo de 27cm? Então, não é toda lésbica que curte usar. Aliás, uma minoria.

8 – Pênis psicológico
Sabe aquele momento em que a menina fica em cima da outra, sem nem encostar nela direito (não estou falando de tribadismo), como se tivesse um membro invisível na barriga dela?

9 – Gritaria
Aqueles gemidos de acordar a vizinhança não são uma regra.

10 – Delicadeza. Só que não.
Não são todas as meninas que curtem tapinhas e cusparadas nas partes íntimas. De verdade!

 

[hr]

Post da leitora Letícia S. Cardoso

[hr]

 


Convidados

Matérias especiais feitas por pessoas mais especiais ainda exclusivamente para o site mais atômico da web

37 Comments

  1. Bruna
    11 de julho de 2012

    Cara, pensa em uma pessoa que morreu de rir?!
    Meus parabéns! Adorei o texto… especifíca direitinho, tudo o que precisa sobre os mitos do pornô lésbico!
    E venhamos e convenhamos… Quem assiste pornô lésbico, senão os homens?! ARRASOU!

    Responder
  2. Nathy
    11 de julho de 2012

    To como a Bruna morri de rir….rsrs beijos!

    Responder
  3. Mirna Marillia
    11 de julho de 2012

    kkkkkkkkk. Sério. Vocês foram geniais. Tudo isso é muito verdade. As pessoas fazem um visão pornografica altamente crazy de nós lésbicas. Arrazaram mesmo. bjs .

    Responder
  4. Gisa
    12 de julho de 2012

    Eu prefiro nem ver, já que estou na seca há tanto tempo e só de imaginar vou ao céu… fora que, alguns pornôs, dá vontade de rir, de tão mal-feitos e ridículos! Melhor é fazer!

    Responder
  5. Dany
    12 de julho de 2012

    Ah meu eu n sou homem e eu assisto e até gosto, sei q muitas lésbicas n ligam muito e nem se excitam, nem todos me excitam, mas da pra gozar com alguns(nao de tirasr sarro, é gozar msm tá), mas convenhamos, há sim alguns exageros e breeguices… odeio unhas grandes de gel, aqueels gritos histéricos nem todos me exvcitam, alguns mais discretos e sensuais sim, confesso… lingua “serpente” acho que algumas lesbicas devem gostar, vai, o q não significa que não beijem de bocas fechadas né!? Salto eu n curto de jeito nenhum, menos aidna na cama, oral é algo muito pessoal, cada uma faz de um jeito, e as iniciantes v~çao pegando o jeito conforme vão fazendo e nem mesmo todas as veteranas conseguem fazer direitinoh né?! Mas vai depender do q agrada a parceira, as vezes oq n agradou uma, fez a outra gozar e fim! Por fim, dildos, strap -ons e afins me boxam e NADA de homem no meio, n faz sentido!! Se to fazendo amor com a minha mina, n tme q ter auditírio, nem publico!!

    Responder
  6. 12 de julho de 2012

    Eu assisto pornô lésbico, tem uns que são muito falsos mesmo, mas nem todos são assim, eu gosto de porno lésbico e se você for pegar um pornô qualquer da vida ai vai ser um lixo mesmo, mas tem outros que são muito bons na verdade, tem qualidade e não são mentirosos pra cacete. Tem até umas atrizes pornos que namoram outra atriz.

    Responder
  7. Gabriela Pozzoli
    12 de julho de 2012

    Letícia,
    realmente existem muitos pornôs caricatos sobre lésbicas, mas há produções fora do meio mainstream que merecem total apoio, respeito e destaque, como as produções da jincey lumpkin (o juicy pink box), o crashpad que tem a famosa jiz lee (ganhou inúmeros prêmios do avn já), pink & white productions, entre outros. recomendo vivamente antes de achar que é tudo farinha do mesmo saco

    Responder
  8. Letícia S. Cardoso
    12 de julho de 2012

    Gente, eu sei que existem alguns filmes bons e com atrizes realistas. Mas não são maioria. O texto fala dos filmes comerciais, direcionados para o publico masculino, que aparecem em peso na industria.

    Responder
  9. 12 de julho de 2012

    Eu achei q era a unica q não gostava de ver porno lez… acho tão fake que doi.

    O melhor desse texto foi o final “Não são todas as meninas que curtem tapinhas e cusparadas nas partes íntimas. De verdade!” kkkkkkkkkkkkkkk

    Se me derem uma cusparada acho q eu levanto e vou embora..kkkk

    Responder
  10. Roberta Antonelli
    12 de julho de 2012

    Senti-me uma débil mental lendo esse texto. Acreditei fielmente que essa pessoa que escreveu isso, já transou com todas as mulheres do mundo, ou com pelo menos 50 anos de ‘praia’, neste quesito.
    Primeiro: Filme pornô não foi feito exclusivamente para mulheres. Mulher gosta de sedução. Gosta de preliminar. Gosta do olhar, do sorriso provocante, do pré-sexo, do desejo, …
    Existem produtoras que correm atrás dessa sedução com pornô.
    Homens gostam de sexo, sexo e sexo. Mão naquilo, aquilo na mão. Tudo dentro. Uma coisa mais ‘HARD’. Incluindo tapas, cuspe, puxões violentos, …
    O que é o caso da grande maioria dos filmes.
    1. O Beijo em filme pornô, não é beijo romântico. Não foi e nunca será beijo carinhoso, beijo daqueles que sentimos tudo muito delicadamente, explorando cada centímetro da boca da parceira. Isso só aconteceria caso o Diretor do filme fosse MULHER! E mesmo assim, dependendo do caso, ainda duvido muito. Porque não é a ideia de um filme desse grupo. Se quiser romance, assista romance.
    2. Unhas grandes! Olha, vocês todas me desculpem, mas namoro com uma mulher que possui unhas grandes e não vejo problema nisso. Claro, tem que ter uma certa delicadeza ‘a mais’, porém não é dessa maneira. Quem machuca, não é a unha e sim, quem a possui.
    3. Estereótipos? Porra, é mais sensual para um homem ver: uma loirona gostosa ou uma machinho? Foi o que falei, pensem garotas que filme pornô foi feito para HOMEM. E de coração, não vejo problema nas loiras gostosas. Muito prazer, eu sou uma!
    4. Agora a dona da verdade e da razão disse que não se transa de salto. PQP! Você acabou de me dar uma ideia fantástica… Nunca tinha pensado nisso. E seria, no mínimo, interessante. Sexy. Quer uma transa real? Filme você e sua namorada no papai e mamãe rotineiro. No vídeo pornô, eles precisam mostrar fetiche.
    5. Sapatão não quer e não precisa de homem no meio… Ok. Ok. Diga isso a um tarado, batedor de punheta no meio do filme. Gente, é um filme! Não é porque o filme pornô mostra o jardineiro transando com um casal lésbico, que isso é rotineiro. Pode acontecer? Quem sou eu pra julgar? Porém, rotineiro acredito que não seja. Mas é sexy, na linha de raciocínio da maioria dos homens e de uma grande porcentagem de mulheres. (Senão, não teria público e não seria filmado)
    6. No vídeo, mostrar a ponta da língua encostando em QUALQUER lugar, fica mais sexy. Não tente se imaginar na pele da pessoa que tá recebendo a ‘linguadinha’. Observe o rosto da pessoa que tá fazendo os movimentos, é mais sexy do que se ela enfiasse o linguão todo e o vídeo não conseguisse nem pegar nenhum ângulo decente.
    7. Qual é o problema com o acessório? Gente, me senti lendo um texto de uma freira. UMA MINORIA que curte acessório? Cê tá de brink’s comigo, não tá? HAHAHA. O seguinte, deixa eu te explicar uma coisa… Uma MULHER não liga muito pra acessório, brinquedo, dedo, língua, enfim… Ela quer sentir prazer. E penetração faz uma diferença ENORME numa relação sexual. Uma pessoa que não gosta de penetração, seja ela qual for e com o que for… essa sim é minoria. E precisa ser assistida de perto, pois ou ela já foi estuprada, ou nunca foi penetrada decentemente. Cuidado!
    8. Minha nossa senhora… Se você fica excitada olhando pro teto. Rebolando. Ou imaginando que tem um pênis psicológico… Qual é o problema? Digo, ainda mais num filme para HOMENS, que movimento você acha que deveria ser feito?
    9. Quem dita as regras? Gritos não são regras? Ai Cristo. Rs. Gente quem é essa ‘Papi’ do Brasil, que pode dizer o que é regra ou não? Entendi.
    10. Jura que não são todas que curtem tapas e cuspes? Estranho seria o contrário.

    De coração, que texto muito fraco. Sem embasamento real nenhum. Quem escreveu isso, não tem bagagem para escrever sobre algo desse nível.
    Atenciosamente,
    Roberta Antonelli.

    Responder
    • Lena
      12 de outubro de 2014

      Calma ai coisinha deixa a boy escrever. cada um com sua opinião, e você também não é a a dona da verdade então mais respeito com a menina que se dispôs a escrever a matéria.

      Responder
  11. Letícia S. Cardoso
    12 de julho de 2012

    Oi Roberta,
    Não transei com todas as mulheres do mundo nem tenho 50 anos de praia. Isso é um texto de humor. Não sou sexóloga, nenhum texto de blog ou vlog retratam verdades absolutas, são opiniões. E eu e um grupo de lésbicas com quem conversei pensamos que faltam filmes para nós, lésbicas. E é disso o que falo logo no comecinho do texto. “Sabemos bem que o publico alvo da indústria pornô são os homens.”.
    Exato, o diretor desses filmes são homens, se você ver alguns filmes voltados para mulheres o beijo será mais lento e mais cuidadoso, e as lésbicas que eu conheço gostam disso. Eu gosto disso.
    Minha amiga é lésbica e também tem unhas compridas. Eu perguntei pra namorada dela como era, ela disse pra mim que preferia unhas curtas, mas as unhas compridas não a impediriam de fazer sexo. As unhas comprinhas incomodam um pouco e podem machucar sim, por isso a maioria das lésbicas prefere mantê-las curtinhas. Não quis dizer que todas são assim, mas entre todas as que eu conheço, poucas optam por deixar crescer.
    Também não vejo problema na loirona gostosa. Eu disse ali que a maioria não é, não que não existem lésbicas loiras e gostosas. E quanto a parte de ser mais atraente para o homem, novamente, o texto retrata o motivo pelo qual esses filmes comerciais não são tão interessantes para lésbicas.
    Fico feliz que meu texto tenha te tido um lado positivo pra ti, que é te dar essa ideia de transar de salto. Novamente, para mim e o grupo de lésbicas que eu conheço é um tanto incômodo.
    Bato na mesma tecla, o começo do texto está dizendo que eu sei que os filmes foram feitos para homens. E eu não estou julgando quem gosta, mas ai rola um lance de bissexualidade(o que também não tem nenhum problema), não acha? Mulheres que gostam exclusivamente de mulheres (o texto fala do que não é interessante para elas) ter um homem no meio não seria nada agradável.
    Linguadinhas são sensuais sim, mas não é só nisso que consiste sexo oral, Roberta. E te digo que, nesses filmes, os poucos direcionados pra nós, ver as moças fazendo as coisas da forma como nós fazemos é muito mais excitante!
    Não há nenhum problema com os acessórios, ali no texto eu digo que “não é toda lésbica que curte usar”. Não houve generalização. Das pessoas com quem pude conversar, algumas até usam, mas não são os grandões de 27 cm que eu citei. Mas algumas devem curtir sim. E não há nada de ruim nisso. Entendo que uma mulher pode gostar de ser penetrada, mas não querer que um homem o faça.
    Podemos nos sentir excitadas com muitas coisas sim, e não há nenhum problema com isso. Assim como não há nenhum problema em não achar essas coisas excitantes. Eu não acho.
    Quando eu digo que gritos não são regra, quero dizer que algumas fazem e outras não. É só um modo de dizer. Não quis dizer que existe um caderninho que determina o que é feito e o que não é, muito pelo contrário.
    Eu não entendi o que você quis criticar sua última observação.
    O embasamento real é a minha vida, minhas amigas, minhas conhecidas. Blogs são diários virtuais. E isso é um texto de humor, não uma tese de mestrado. Não preciso conhecer milhões de pessoas, nem ser uma especialista no assunto para satirizar alguma coisa. Nós duas temos pensamos diferentes sobre os pornôs lésbicos, e terá gente pra concordar e discordar de nós duas, mas é só disso o que se trata: opinião. E eu realmente não quis ofender a sua escrevendo o texto, eu nem sequer a conheço.
    Mas obrigada por me deixar saber, a crítica foi um pouco brutal e me pegou de surpresa, mas isso também é muito importante pra mim que comecei agorinha mesmo a realizar o sonho de escrever para um publico.

    Responder
    • codnome volverine
      18 de junho de 2013

      Digitei no google melhores filmes lesbicos,e cai aqui.Não sei porque. Sou um viciado em filmes porno lésbicos, nesse mundo de pornografia um filme ou video para se destacar as atrizes tem que se entregar de corpo e mente e tem que ter muita cumplicidade, se não vai ser apenas mais um filme no meio de tantos. já vi milhares de videos lesbicos no site x videos e em pelo menos na metade você vê que elas sentem prazer, as vezes mesmo não sendo lesbicas.

      Responder
  12. Dani
    12 de julho de 2012

    Querem ver filmes com qualidade?
    Procura pra baixar ou em sites filmes da produtora Viv Thomas.
    As atrizes são lindas demais e a conexão delas em cena é de tirar o fôlego,é muito real.Duvide que alguém não vá gostar.
    Procura os filmes no site.
    http://www.vivthomasvideo.com/warning.php?toReturn=/index.php

    Responder
  13. Roberta Antonelli
    13 de julho de 2012

    Olá Letícia.
    Quando eu li este ‘Top 10 Mitos’, imaginei ter algo realmente engraçado. Não algo sem embasamento, superficial e pessoal.

    Como você começou o texto dizendo que filme pornô é para o público masculino/hetero (na sua maioria), deveria terminar assim. E não bater na tecla que filmes pornôs deveriam ser bonitinhos, com unhas curtas e beijo apaixonante.
    Eu pensei que você fosse ‘tirar uma’ da cara dos homens que se excitam com tanta cena patética.
    Não falar que filme pornô não condiz com a realidade. Porque isso, todo mundo sabe!

    Até a unha de 4 cm não condiz com a realidade.
    Imaginei um texto completamente diferente. E quero que leve a crítica para o lado positivo. Só de você querer escrever, já te diferencia.

    Peço perdão pela forma rude, na qual, eu trato/defendo o que acredito. Sou altamente crítica.

    Continue escrevendo, não desestimule. Tente deixar o texto menos pessoal e mais imparcial. Como:
    Ao invés de escrever ‘sabemos’, colocar ‘sabe-se’… Enfim. Isso até ajuda a você a receber críticas com mais tranquilidade (não que você tenha feito o contrário) e menos pessoal.
    Procure conhecer bastante sobre o que esta sendo dito e não somente com amigas, como por exemplo: Pesquisas, Entrevistas, …

    Atenciosamente,
    Roberta Antonelli

    Responder
  14. 14 de julho de 2012

    Pelo que eu entendi nos comentários da Letícia ela só fez uma crítica aos filmes pornô de lésbicas, tudo o que ela disse está muito dentro do que já ouvi de várias lésbicas. Por isso não foi nada de novo, apenas sobre o “pênis psicológico” que eu ainda não tinha ouvido falar.

    Eu acho que justamente porque se encontra lá uma categoria “Lésbicas”, então eu acho que muitos casais lésbicos gostariam de apreciar algo voltado para elas também, e acho que deveriam sim condizer um pouco com a realidade, até porque se nunca questionarmos os filmes pornográficos sempre serão destinados a homens, e sabemos que há muitas mulheres que gostam de pornografia, mas por ser algo tão superficial e as vezes até bastante machista desistimos de ver isso.

    Eu sou bissexual e os únicos filmes porno que assisto, assim como muitas mulheres héteros(sim, muitas mulheres héteros curtem muito filme de lésbicas) e bissexuais, são filmes de lésbicas, até porque mesmo artificial conseguimos ver um equilíbrio maior no sexo, não é só um tendo prazer e maltratando o outro como nos filmes de hétero, pra mim eu acho que são os únicos filmes porno que valem a pena ver.

    Há sites de pornografia voltados só pra gays, acho que as lésbicas deveriam ter sites desse tipo também, feitos por lésbicas ou héteros e assim se desvincularem dos sites porno voltados só para homens.

    Bom, Letícia tudo que você disse está dentro do que minhas amigas lésbicas já haviam me dito, uma coisa que sempre achei interessante é do porque que as lésbicas quase não usam aquele pênis de borracha, na minha cabeça todas usavam rs, mas um mito que foi deixado de lado pra mim…

    Responder
  15. Amanda
    16 de julho de 2012

    Isso sem contar as cenas super-sexies (só que não) em que uma faz boquete no dildo do strap-on da outra e a outra morre de prazer.

    É algo tipo, “oi”? Até sei que devem existir algumas garotas que ficam bem loucas imaginando que realmente estão recebendo um boquete, mas, sinceramente, isso é bem surreal.

    Responder
  16. Letícia S. Cardoso
    17 de julho de 2012

    Oi Nanda, é bem por ai mesmo! Seria uma boa ter um site voltado só pra gente. E quanto aos vibradores não são todas que usam, mas algumas gostam! haha.

    Amanda, fatíssimo essa do strap-on. O psicológico contribui muito pro prazer e pode ser mesmo que aconteça com algumas, mas nesses filmes é bem surreal e não convence né? haha. Pena que não lembrei dessa ao escrever o post!

    Responder
  17. Lyly Silva
    22 de julho de 2012

    Olha, se pedendese de tudo isso ai pra me definir uma les, eu seria nem sei o que. Beijo só com aquela lingua pra fora, isso pra mim é fortalecimento da face, salto alto troco por meias, unha..bom essa nem preciso falar. Brinquedo passo, intrometido nem vem e aqueles gemidos, gritos, “pelamor” desconcentra qualquer um. Zorra Total pode ser o titulo de alguns pornos viu rs.

    Responder
  18. Val
    17 de agosto de 2012

    Sem falar no fato de chupar um dildo e a outra fazer cara de quem esta amando. Hellow, acordem para a vida real.
    Muito bom o texto.

    Responder
    • 19 de março de 2013

      Concordo com você não sou mulher, mas me responde uma coisa? existe porno para mulheres ou um porno hétero que seja profissional que não seja falso.

      meu ponto de vista de falso e algo um pouco estranho mulheres odeiam anal isso todo mundo sabe. (por que merda elas fazer cara de que estão amando? )

      A questão das lésbicas existem alguns erros nos videos mais como algumas aqui já disseram o porno foi criado para homens e os produtores destes pornos fazem isso pelo ego masculino de que todo homem quer transar com uma lésbica ou uma bissexual.

      Odeio ter que assumir mas a vontade e grande…

      Bj linda…

      Responder
  19. bruna paulo
    5 de setembro de 2012

    nada a dizer

    Responder
  20. Flávia
    30 de setembro de 2012

    Procurem filmes da Sweetheart videos, eles fazem filmes mais direcionados pra mulheres lésbicas e bisexuais, os filmes são inclusive dirigidos e produzidos por mulheres.As cenas são mais “românticas” vamos dizer assim.

    Mas o texto fico engraçado kkk.

    Responder
  21. jamile
    2 de outubro de 2012

    realmente tem alguns filmes que são muito ridículos,e ñ tem a menor graça,mas eu conheço uma atriz pornô lésbica,ela faz filmes 100% lésbicos,o nome dela é Lily Cade,tbm tem outras,como a Sin Sage e a Sincerre Lemore (essa daí tbm faz filmes hétero)mas os filmes lésbicos dela são muito excitantes!!!

    Responder
  22. 31 de outubro de 2012

    é verdade pior é lembrar q quando eu ñ tinha ideia de como seria recorri a esse tipo de filme para matar a minha curizidade.gostei mt do posts

    Responder
  23. 29 de janeiro de 2013

    Noossssaaaaaa eu qasee morriii de rir mais ee mt massa pow saber disso kkkkkk

    Responder
  24. Laisa
    5 de fevereiro de 2013

    Gosto de pornôs com Malena Morgan e Elle Alexandra. Já vi alguns vídeos delas e realmente gostei, não é um negócio forçado. Já vi muitos pornôs ruins mesmo, que chega a dar ódio de ver.

    Responder
  25. luana
    22 de fevereiro de 2013

    kkk risadas de lado.

    concordo totalmente mas acho que voce esqueçeu de mencionar as olhadas pra camera,aq cara de nojo, e a sensaçao de eu nao sei o que fazer que a maioria dos filmes mostra. ata e eu aki do outro lado com cara de (bunda) lata.

    Responder
  26. B np
    1 de março de 2013

    Não vejo muitos comentários de homens pelo site, mas como a maioria do público aqui é mente aberta, vou me ariscar. Primeiramente li alguns posts do site e achei por demais interessante. Inclusive cheguei por aqui através dos mecanismos de pesquisa por necessidade de um estudo que estou desenvolvendo justamente sobre os diversos níveis de sedução e apreciação do prazer. Seja do homem para a mulher, da mulher para o homem, de mulher pra mulher e de homem pra homem. E achei por demais interessante os comentários referentes a sites que possuam um conteúdo voltado para o público lésbico. É fato que para o público masculino já existe(até demais), para o público gay do sexo masculino também, em menor número que o anterior, mas já bem vasto também e para o público feminino gay e até mesmo hetero? alguém conhece? as empreendedoras do site topam algum tipo de desafio na área? Abraço!

    Responder
  27. Mari
    8 de abril de 2013

    Muito do que você falou é verdade, mas tem umas atrizes muito boas e filmes de qualidade como Celeste Star, Georgia Jones e Sinn Sage que só fazem filmes lésbicos

    Responder
  28. Livia
    4 de maio de 2013

    Se eu abrir um vídeo e tiver alguma delas com unha cumprida, já tiro, pq sei que o resto do vídeo será superficial.
    Aquela que usa só a ponta da língua é outra totalmente superficial.. você vê na cara dela que ela só faz filme por dinheiro mesmo… totalmente sem vontade!
    Vi que a Mari falou de algumas atrizes… o meu vídeo preferido de todo o mundo é um com a Celeste Star e a Tori Black.. é fantástico, excitante demais!! É do filme “Women Seeking Women 66″. O legal é que no fim do filme tem um extra, onde elas falam quem sentem tesão uma pela outra, que adoram fazer sexo entre elas duas (fora das câmeras).. acho o máximo!! Química pura!!!

    Responder
  29. camila
    23 de maio de 2013

    kkkk .. verdade mesmo, por isso assistam o amador… mais aquele de má qualidade mesmo por que nem tudo é em HD.

    Responder
  30. irene
    26 de julho de 2013

    Concodo plenamente, o filme porno é uma ilusão… Nada haver com a nossa realidade..

    Responder
  31. Angelita
    14 de novembro de 2013

    Hushauhsuahs. Sensacional…. Mt engraçado.

    Responder
  32. ADRYELLE
    18 de fevereiro de 2014

    arrasaram nesse post adorei essa explicaçao dos mitos em um filme pornô lesbico

    Responder
  33. Luiz Henrique de Souza Alineri
    19 de março de 2014

    Eu sempre gostei de assistir filmes pornográficos com ênfase no lesbianismo.Assistindo e deliciando-me com as cenas,não me passa pela mente se as envolvidas são realmente lésbicas,na chamada vida real.Creio que a maioria não é.E aí reside um dos principais motivos de excitação.Procuro por cenas que envolvam as mais bonitas participantes(leia-se GOS-TO-SAS!!),em situações que me deixam à mil…Não sei se é clichê para as mulheres ou se consideram isso como machismo,mas essas cenas são um “energético” para o homem.Tanto que,de 100 vídeos eróticos ditos “normais”(para casais,no motel ou em casa),99 possuem um clipe entre duas gatas.É assim que é.

    Responder
  34. 27 de setembro de 2014

    Amei o poste, e realmente pra quem gosta de assistir e procura por algo mais realista encontra bastante dificuldade.
    O jeito é levar na esportiva porque o máximo que dá pra fazer com esses videos é rir.

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *