Entrevista: Gay da Depressão

Todos nós já passamos por situações constrangedoras e desajustadas, e sabemos como isso pode ser embaraçoso. Mas por que não expor essas situações inusitadas ao mundo, com um pouco de graça e com bordões criativos? E foi isso que o criador do Gay da Depressão fez!

Com muito humor e criatividade, ele montou uma coletânea de histórias, frases, casos e acontecimentos, que marcaram sua vida e a vida dos amigos mais íntimos. O número de fãs da página está crescendo rapidamente, mas o que todos queremos saber é o que o motivou realmente a criar o Gay da Depressão. E para saber mais, fui atrás do autor. Confira a entrevista!

 

[hr]
S: Gay da Depressão: O que é? O que come? Onde vive?

G: O Gay da Depressão surgiu da ideia de ter uma versão gay do personagem Cão da Depressão. Queria contar alguns fatos engraçados, outros não, que aconteceram comigo, que presenciei com amigos gays, e outros que imagino acontecer e que alguém irá se identificar.

 

S: Porque criar uma página voltada à “Depressão Gay”?

G: A palavra ‘depressão’ faz parte do contexto da personagem, que sempre tenta ficar bem, mas algo acontece para estragar. Meu intuito é sempre mostrar que, por mais depressivo que possam ser algumas coisas na vida gay, é engraçado como surge, se desenvolve e resolvemos.

 

S: Porque a iconografia do Gay da Depressão é o estilista e ex-deputado Clodovil Hernandes?

G: Porque admiro a historia do Clô. Ele é o verdadeiro Gay da Depressão. Tudo que se possa imaginar de ruim acontecendo a um gay, aconteceu com ele. Algumas das frases que utilizo são frases que falava, e muitas outras que crio é me espelhando no que ele poderia dizer para tal situação, por exemplo: “Dormiu com um michê. Acordou sem a carteira.” ou “Seu melhor amigo. Ta dando pro seu ex.”.

Leia também:  Obama assina ordem que proíbe discriminação de gays e transexuais no trabalho.

 

S: Por enquanto o Gay da Depressão ainda é uma página na rede social, há alguma intenção de transformá-la em um blog?

G: O Gay da Depressão está presente no Facebook e no Twitter, e mais para frente, pretendo criar um Tumblr e um Blog para o personagem. O Tumblr e o blog são projetos futuros que ainda estou planejando, posso garantir que os fãs do Gay da Depressão ficarão satisfeitos com esse projeto, que terá algumas matérias divertidas e interessantes de se ler.

 

Quer conhecer melhor o Gay da Depressão? Curta a página no Facebook, ou siga-o no Twitter.

 

Written by Matheus