Fernanda Gentil conta como se assumiu para a família!

Fernanda Gentil é lacradora e não tem pra ninguém! Ela é daqueles perfis de pessoa pra gente se inspirar na vida, porque é pa-pum, sem choro nem vela.

Durante a apresentação do programa Papo de Almoço, da Rádio Globo, com as convidadas Maria Ribeiro e Poliana Abritta, rolou um debate sobre a tal decisão do juiz do Distrito Federal de tentar permitir o tratamento de homossexualidade como se fosse uma doença.

No meio do papo, ela contou qual foi o discurso que usou para sair do armário pra família:

“Vocês sempre disseram da igualdade, que o preto não é menor, que o pobre não é menor, que o gay não é menor, agora está acontecendo em casa, agora a gente tem que praticar isso. E vai me decepcionar muito se vocês forem para o outro caminho.”

Segundo ela, a conversa foi franca e deu tempo para os pais pensarem e absorverem a notícia, o que ela considera muito importante durante o processo: “É isso. É eu entender que eles precisam do tempo deles e eles entenderem que o que eles ensinam para a gente não é da boca para fora”, completou.

Um mulherão desses, bicho!

Written by Bianka Carbonieri

Insta: @bsapatomica | 26 anos, taurina, mora em São Paulo. Workaholic assumida, estudante de Psicologia, é viciada em café e lasagna.