Fotógrafa é demitida após cliente descobrir que ela é lésbica.

Siga o blog no Instagram e no Twitter!

A fotógrafa Faith Grace, do Alabama (EUA), foi contratada por uma mulher chamada McKenna para fazer um ensaio de grávida.

Depois que já estava tudo certo e combinado, a cliente resolveu olhar o Instagram pessoal da fotógrafa e ao encontrar a foto de uma bandeira LGBT, resolveu enviar uma mensagem extremamente homofóbica para demiti-la.

“Olá Faith! É a McKenna de ontem à noite. Eu estava checando suas fotos de maternidade! Acabei entrando no seu Instagram pessoal para encontrar seu perfil profissional e vi uma bandeira do orgulho gay. Você é gay ou alguém da sua família é gay?”

“Ei, McKenna! Obrigada por me procurar. Ninguém da minha família é gay, mas eu sou – por isso a bandeira no meu perfil.”

“Entendi, OK então não se preocupe mais com as fotos. Eu não quero alguém que é gay tirando elas. Não é certo. Eu sou contra e a última coisa que preciso é permitir que meu filho de cinco anos pense que ser gay é OK/certo porque eu não quero que eles sejam influenciados por pessoas como você. Eu sinto muito que você pense que esse estilo de vida é OK e aceitável. Se cuide, Faith.”

Mas ensinar ódio e intolerância com o próximo aos seus filhos é super aceitável, né dona McKenna? Entendi.

Written by Bianka Carbonieri
Insta: @bsapatomica | 26 anos, taurina, mora em São Paulo. Workaholic assumida, estudante de Psicologia, é viciada em café e lasagna.